sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Esporão do Calcâneo O que é?


 


O esporão do calcâneo é um tumor ósseo benigno no calcanhar que pode ser consequência de uma tensão excessiva do osso. Essa proeminência óssea pode se formar na região inferior – por comprometimento da fáscia plantar ou na parte posterior - por comprometimento da bolsa retro calcânea
(fig.1).
 
O calcâneo é o osso de maior tamanho em toda a estrutura óssea do pé e funciona como base de equilíbrio. A cada passo direcionamos o peso do corpo no calcanhar, e esse peso é transbordado para todas as estruturas adjacentes (músculos, tendões, ligamentos) de forma constante.

Fig.1: Estrutura óssea do pé

Como surge o esporão?

Para compreender a origem do esporão é importante lembrar que a planta do pé é composta por estruturas elásticas (músculo) e rígidas (fáscia), que potencializam a força dos músculos para execução dos movimentos. Um estrese excessivo na região do calcanhar provoca um estiramento da fáscia e origina micro lesões e inflamação. Tanto o tendão como os tecidos moles podem ficar inflamados e doloridos quando isso acontece.
Inflamação na fáscia plantar gerando tensão na região do calcâneo.
Os esporões são quase sempre dolorosos, principalmente ao caminhar. Em alguns casos o pé adapta-se a esta proeminência e a dor pode até diminuir. A dor geralmente inicia pela manhã ou quando são dados os primeiros passos após longos períodos de repouso. Raramente tem inflamação visível, avermelhamento ou outro sinal aparente na pele.

Alguns fatores podem tornar o indivíduo mais susceptível:

Praticantes de esportes de impacto como corridas e maratonas: pois há uma pressão constante do calcanhar com o solo.

Encurtamento do tendão de Aquiles (fig.1) ou da musculatura posterior da perna.

 
 

Alterações na formação do arco dos pés (pé plano e principalmente pé cavo e rígido)

Tipos de pé:

Alterações na marcha (pisada errada)
Trabalhar em pé por longos períodos Sobrepeso
Alongue-se, Mantenha-se no peso ideal.

Diagnóstico

Exame físico

RX (pode não diagnosticar esporões em formação) Encurtamento de musculatura posterior

RX do pé: presença de esporão

US e RNM importantes para avaliar a integridade e qualidade da fáscia plantar

Prevenção:

Calçado com amortecedor
Utilize calçados com amortecedor para evitar impacto no calcanhar
Tratamento Fisioterapêutico

Uso de TENS e US para analgesia e melhora do quadro inflamatório
Massagem na região plantar
 Mobilização interarticular

Alongamento do tendão calcâneo (de Aquiles), de a fáscia plantar e de toda musculatura posterior da perna.

 Fortalecimento para musculatura intrínseca do pé
Orientações
Puxar a toalha com a ponta dos dedos promove o Pilates fortalecimento dos pequenos músculos do pé referir exercícios sem impacto: bicicleta, musculação, natação, hidroginástica.

Utilizar calçados com amortecedor. Uso de palmilhas
Reflexologia podal  
Para mulheres o uso de um pequeno salto ajuda a deslocar o peso do corpo para frente e alivia a sobrecarga no calcanhar
Evitar passar muito tempo em pé.
Automassagem

Massagem de a fáscia plantar com uso de embalagem de desodorante.
Pode ser utilizado um pedaço de cano, de bambu ou cabo de vassoura.
Massagem com bolas de gude    

RPG para reeducação da marcha.
O que esperar do tratamento?
Ótima notícia! Estudos revelam que 80% dos portadores de esporão de calcanhar melhoram após seis a oito semanas de tratamento.

Cirurgia para esporão é o último caso. O indicado é procurar um especialista de tornozelo e pé, pois nem toda dor no calcanhar indica esporão. Cada paciente é único e tratado individualmente de acordo com seu perfil.
 
 
BY BIA POODÓLOGA E ESTETICISTA
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário